sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

BARULHOS

um surdo desenha sons
conforme o movimento
o barulho da vida
é escuro
o barulho da morte
é claro
o barulho da poesia
é raro

Nenhum comentário: