sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

SOLTO

a árvore segura a rua
a rua segura o mundo
eu gostaria de falar
do de dentro
das coisas minhas que desconheço
das coisas tuas
eu não me alcanço
eu não te alcanço
a árvore segura a rua
a rua segura o mundo
não sei quem me segura

Nenhum comentário: