quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

BELEZA

turvo as páginas do livro
derramando derrotas
florestas erguidas
feito álcool
feito fitas
enroladas no precipício
era fácil a leitura
a visão era escura
quem procura clareza
deve esquecer a beleza

Nenhum comentário: