segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

COMPÊNDIOS

atolado em silêncio
procuro em compêndios
poemas possíveis
verto sangue em pedaços
converto cortes possíveis
incluo palavras
nas cicatrizes invisíveis

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...