quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

LUTO, LUTAS

jejuar tua fé
foi o prometido
ao teu pé transferir
o caminho percorrido
agora quase nada
na maré ensangüentada
a palavra na pedra
que se quebra
em sombras que se escuta
a morte não permite permutas

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...