quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

EMPAREDADO COM MUSGO

despedaçado
nem são nem salvo
o lodo todo se encolhe
e ainda assim não me descobre
a dor é o meu corpo
e não sabe
o mundo é meu bolso
e não caibo

Nenhum comentário: