quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

CLARO ESCURO

não entendi
como a palavra
largou-se do tamanho
e se meteu aqui
tive medo
que o escuro
a engolisse
e me acendi

Nenhum comentário: