quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

UMA POESIA COM SENTIDO

disseram que a minha poesia
tinha um certo sentido
encolhi mais que a cadeira
dobrei a agonia em quatro pedaços
e escondi sob os sapatos
tentei lembrar
de alguns dos meus poemas
o máximo que consegui
lembrar da minha esperança morta
dos ferimentos adquiridos na infância
e ainda abertos
tentei levar a conversa
para uma janela menos devassada
descobri na multidão
entre um transeunte e outro
alguns dos meus poemas
uns parecendo gente outros objetos
mas não consegui descobrir neles
nenhum sentido

Nenhum comentário: