sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

FLOR

a flor não teve escolha
ficou neste poema
dissecará se eu levar pra casa
não secará se eu fechar a página

Nenhum comentário: