sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

ESCUROS

a luz que a lua mija
alimenta os holofotes
disseram que o escuro acabou
só porque abriram os olhos
pensavam ser calçadas
o piso que apoiava os passos
eram abismos entre uma
claridade e outra

Nenhum comentário:

NATIMORTO

  todo poeta nasce morto isso explica sua briga inútil com a vida ataca palavras e delas se defende se transforma em estátua qua...