sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

PÁTIO DO COLÉGIO

o homem de terno e descalço
caminha no pátio do colégio
sob o braço antigos papéis
e uma solidão paralítica
os gritos das crianças
espalham os papéis
e os penduram nas árvores
tornando as lembranças frutas
a solidão levanta-se mas não anda
prefere acomodar-se ao homem
sua cadeira de rodas

Nenhum comentário: