quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

FIM DO EQUIPAMENTO

com o tempo os parafusos afrouxam
e as chaves de fenda se perdem
em gavetas comidas por cupins
e toda essa engrenagem se corrói
mesmo que a embriaguem de óleo
e o adeus fica no ar sem mãos
e a fuga fica na intenção sem pernas
e o coração desaba
em meio a outros objetos

Nenhum comentário: