terça-feira, 18 de janeiro de 2011

ESVAZIANDO BEXIGAS

esvazio a bexiga
sobre as urtigas
o resto de orvalho nas folhas
vão de encontro
ao canto do muro
o ar da bexiga
e a sua borracha flácida
misturados ao canto do muro
formam uma estranha canção
talvez a urtiga provoque
a pele do ar
e o arrepio seja a música
talvez seja apenas um sopro
e eu tenha exagerado no ritmo

Nenhum comentário:

AQUELES DIAS DE DESESPERO

  tem dias que bate um desespero uma vontade de arrancar os cabelos até os pentelhos vontade de correr nua pelas ruas ampliar o co...