quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

QUASE DE NOITE

o amor é quase de noite
véu laranja se escondendo no céu
calor que foge
estrelas se abrindo
o amor é quase morte
quando parte deixa fundo
o canto do olho da noite

Nenhum comentário:

RUA BENFICA

  o mais antigo numa casa antiga é o silêncio divide o corredor com o tempo ambos trôpegos quase abraçados espalham grossas pa...