segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

PERSONAGEM

foi passando a mão sob mesas suspeitas
que descobri o bolor
descobri o horror quando eu era mesa
duro sabor de quatro pernas
o peso nas costas
o cheirar joelhos
descobri a cor
quando eu era flor
decorei as cenas
virei personagem de poema

Nenhum comentário: