sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

LEITURA RASA

li nos moluscos
que o coração daqui parece pedra
a água abraçada ao corpo
não faz o esforço necessário
e ele passa levando o coração
batendo contra as pedras
a pedra que carrega
li nos moluscos
nem tudo que se lê
é o que se tem
já tive o mar
sem nenhuma palavra
embora para se ter o mar
não seja necessária a leitura
nem tudo que se tem
é o que se vê

Nenhum comentário: