segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

DERIVA

bebo o mar e não tremo
a vida é menor que o mar
ela acaba na areia
no fundo
no outro lado do mundo
a vida é rasa
ninguém mergulha na vida
e se afunda
nem se afoga
nem sal a vida tem
quem bebe a vida se encalha

Nenhum comentário:

AQUELES DIAS DE DESESPERO

  tem dias que bate um desespero uma vontade de arrancar os cabelos até os pentelhos vontade de correr nua pelas ruas ampliar o co...