quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

QUALQUER COISA MAIS QUENTE

qualquer coisa é mais quente que o meu ódio
meu ódio não depende do meu sangue
por não ser líquido não precisa de encanamento
por não ser sólido não precisa de calçamento
por não ser ar não precisa respirar
por não ser gás não precisa flutuar
por não ser não precisa
meu ódio quando se acocora
empurra seus testículos sobre o meu corpo
contra a terra

Nenhum comentário: